Setor produtivo e Secretaria do Governo Federal se reúnem com Parlamentares Federais baianos

O secretário Especial de Produtividade, Emprego e Competitividade, do Governo Federal, Carlos da Costa, participou do encontro com os Parlamentares Federais, na sede da Fieb, em Salvador, e reforçou a importância de criar vínculos e diálogos entre as instituições e poderes a fim de realizar as reformas que o país necessita. O evento contou com apoio da Fecomércio-BA, Fieb e Sebrae.

Durante o evento, Costa comentou da necessidade de uma discussão sobre o pacto Federativo que está sendo travado atualmente no Congresso Nacional girando em torno, sobretudo, de questões fiscais. “O melhor incentivo que existe para o empresário consiste em recuperar o equilíbrio fiscal e abrir espaço para o setor privado crescer”, destacou. 

Um dos palestrantes presente, Daniel Almeida (PCdoB) ressaltou a importância também do trabalho em conjunto de todos os projetos de inovação. “Nós temos que dialogar muito e fortalecer o setor de celulose, fruticultura, mineração e eólica, mas se eles não estiverem conectados com um plano mais abrangente ficaremos para trás”, relatou Daniel.

 

Como símbolo de inovação, ciência e tecnologia para a indústria, o Senai Cimatec foi um dos assuntos do evento conseguindo transformar a Bahia em um excelente observatório de produtividade e qualificação profissional com a engenharia aplicada. 

O encontro fez parte do lançamento do programa de Mobilização pelo Emprego e Produtividade na Bahia, com o objetivo de alavancar o setor produtivo no Estado. Na Bahia, o evento contou com a parceria do Sebrae e apoio da Fecomércio-BA, Fieb, Cofic, Faceb e Fórum Empresarial da Bahia.

Os presidentes Carlos Andrade, da Fecomércio-BA, e Ricardo Alban, da Fieb, receberam os deputados Daniel Almeida (PCdoB), Zé Neto(PT), José Rocha(PL), João Carlos Bacelar(PL), Elmar Nascimento(DEM), Félix Mendonça(PDT), Raimundo Costa(PL) e  Márcio Marinho(PRB) durante o evento.

Problemas com a imagem
Problemas com a imagem

Sobre o Sindicato

Sindicato do Comércio de Feira de Santana